Êxodo 21, 23-35

 

23 Se houver dano, então pagarás vida por vida, 24 olho por olho, dente por dente, mão por mão, pé por pé, 25 queimadura por queimadura, ferimento por ferimento, contusão por contusão. 26 Se alguém ferir o olho do escravo ou da escrava e o cegar, deverá dar-lhe a liberdade pelo olho perdido. 27 E se quebrar um dente do escravo ou da escrava, deverá dar-lhe a liberdade pelo dente quebrado. 28 Se um boi matar a chifradas um homem ou uma mulher, será apedrejado e não se lhe comerá a carne; o dono do boi, porém, será inocentado. 29 Mas se o boi costumava chifrar já antes, e o dono, mesmo advertido, não o mantinha fechado, e se este boi matar algum homem ou alguma mulher, o boi será apedrejado e o dono também será morto. 30 Se lhe impuserem uma multa em resgate da vida, deverá pagar a quantia em que for multado. 31 Se o boi chifrar um menino ou uma menina, será aplicada a mesma lei. 32 Se o boi chifrar um escravo ou uma escrava, o proprietário do boi pagará 300 gramas de prata ao dono do escravo ou da escrava, e o boi será apedrejado. 33 Se alguém deixar uma cisterna aberta ou cavar uma cisterna e não a cobrir, e se nela cair um boi ou um jumento, 34 o dono da cisterna indenizará em dinheiro o seu proprietário, mas o animal morto será dele. 35 Se o boi de alguém matar a chifradas o boi de um outro, venderão o boi vivo, e repartirão ao meio tanto o dinheiro como o boi morto.