Sexta-feira, 12 de novembro de 2010

São Josafá (Bispo e Mártir), Memória, 4ª do Saltério (Livro III), cor Litúrgica Vermelha

 

Hoje: Dia do Psicopedagogo, Dia Nacional de Prevenção de Arritmias Cardíacas e Morte Súbita; dia do Supermercado

 

Santos: Anastácio de Pannonhalma (monge, bispo), Armentário de Velay (bispo), Aurélio de Velay (bispo), Aurélio e Públio (bispos, mártires da Ásia), Benigno de Velay (bispo), Bento, João, Mateus, Isaac e Cristiano (monges, mártires), Bento de Benevento e Companheiros (mártires), Cuniberto de Trèves (bispo), Emílio de La Cogolla (abade), Escutário de Velay (bispo), Evódio de Le Puy (bispo), Libuíno de Deventer (monge), Livino de Alost (bispo, mártir) , Macário de Iona (bispo), Martinho I (papa, mártir), Nilo de Constantinopla (abade), Paterno de Saint-Pierre-le-Vif (monge, mártir), Renato de Angers (bispo), Rufo de Avignon (bispo), Suácrio de Velay (bispo), Ymar de Reculver (monge, mártir), Cristóvão de Portugal (mártir, bem-aventurado), Gabriel Ferretti (franciscano, bem-aventurado), João Cini "della Pace" (franciscano secular, bem-aventurado)

 

Antífona: Este santo lutou até a morte pela lei de seu Deus e não temeu as ameaças dos ímpios, pois se apoiava numa rocha inabalável.

 

Oração: Suscitai, ó Deus, na vossa Igreja o Espírito que impediu o bispo são Josafá a dar a vida por suas ovelhas e concedei que, por sua intercessão, fortificados pelo mesmo Espírito, estejamos prontos ea dar a nossa vida pelos nossos irmãos. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

 

 

Leitura: 2ª Carta de São João (2Jo 4-9)
Amar consiste em viver conforme os seus mandamentos

4Muito me alegrei, Senhora, por ter encontrado alguns dos teus filhos que caminham conforme a verdade, segundo o mandamento que recebemos do Pai. 5E agora, Senhora, eu te peço - não que te esteja escrevendo a respeito de um novo mandamento, pois trata-se daquele que temos desde o princípio: amemo-nos uns aos outros. 6E amar consiste no seguinte: em viver conforme os seus mandamentos. Este é o mandamento que ouvistes desde o início para guiar o vosso proceder. 7Acontece que se espalharam pelo mundo muitos sedutores, que não confessam a Jesus Cristo encarnado. Está aí o Sedutor, o Anticristo. 8Tomai cuidado, se não quereis perder o fruto do vosso trabalho, mas sim, receber a plena recompensa. 9Todo o que não permanece na doutrina de Cristo, mas passa além, não possui a Deus. Aquele que permanece na doutrina é o que possui o Pai e o Filho. Palavra do Senhor!

 

 

Salmo Responsorial: 118 (119), 1.2.10.11.17.18 (R/.1b) 
Feliz é quem na lei do Senhor Deus vai progredindo!

1Feliz o homem sem pecado em seu caminho, que na lei do Senhor Deus vai progredindo!

 

2Feliz o homem que observa seus preceitos, e de todo o coração procura a Deus!

 

10De todo o coração eu vos procuro, não deixeis que eu abandone a vossa lei!

 

11Conservei no coração vossas palavras, a fim de que eu não peque contra vós.

 

17Sede bom com vosso servo, e viverei, e guardarei vossa palavra, ó Senhor.

 

18Abri meus olhos, e então contemplarei as maravilhas que encerra a vossa lei!

 

 

Evangelho: Lucas (Lc 17, 26-37)
O dia do Filho do Homem

 

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 26"Como aconteceu nos dias de Noé, assim também acontecerá nos dias do Filho do Homem. 27Eles comiam, bebiam, casavam-se e se davam em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca. Então chegou o dilúvio e fez morrer todos eles. 28Acontecerá como nos dias de Ló: comiam e bebiam, compravam e vendiam, plantavam e construíam. 29Mas no dia em que Ló saiu de Sodoma, Deus fez chover fogo e enxofre do céu e fez morrer todos. 30O mesmo acontecerá no dia em que o Filho do Homem for revelado. 31Nesse dia, quem estiver no terraço, não desça para apanhar os bens que estão em sua casa. E quem estiver nos campos não volte para trás. 32Lembrai-vos da mulher de Ló.

 

33Quem procura ganhar a sua vida vai perdê-la; e quem a perde vai conservá-la. 34Eu vos digo: nesta noite, dois estarão numa cama; um será tomado e o outro será deixado. 35Duas mulheres estarão moendo juntas; uma será tomada e a outra será deixada. 36Dois homens estarão no campo; um será levado e o outro será deixado". 37Os discípulos perguntaram: "Senhor, onde acontecerá isso?" Jesus respondeu: "Onde estiver o cadáver, aí se reunirão os abutres". Palavra da Salvação!

 

Leituras paralelas: Mt 24, 23-31; Mc 13, 21-27

 

 

Para sua reflexão: Será como no tempo do dilúvio (Gn 6-8) ou da catástrofe da Pentápole (Gn 19). Enquanto o povo está ocupado com os assuntos da vida e despreocupado de assuntos transcendentes, sobrevém o julgamento. É interessante a síntese descritiva da vida cotidiana: sustento e família, comprar e vender, plantar, construir. O julgamento se dará pela água ou pelo fogo. Será juízo de separação, como o anuncia uma escatologia: “meus servos cantarão de pura alegria e vós gritareis de pura dor” (Is 65, 13-15), como sucedera no Egito (Ex 8, 19; 9,4.7). Nesses momentos de crise ninguém deve confiar em falsas referências, pois a vinda será celeste e visível para todos, como relâmpago que alumia toda a abóboda celeste e ofusca a terra. Então será preciso arriscar tudo, até a vida, para salvar-se, sem deter-se em recolher pertences que já não servem, sem voltar atrás como a mulher de Ló. Noé preparou-se para salvar-se na arca. Ló fugiu precipitadamente. Há momentos urgentes em que atarefar-se como medidas de segurança é entregar-se à catástrofe, ao passo que arriscar tudo é salvação.   (Bíblia do Peregrino)

 

São Josafá Kuncewycz

 

 

 

 

São Josafá nasceu na Ucrânia, em Wladimir, por volta do ano 1580. Seus pais eram ortodoxos e viviam na Rutênia, pertencentes à Polônia. A Rússia foi evangelizada pelos cristãos bizantinos pouco antes do cisma do século XI e seguiu a Igreja grega na separação de Roma, aceitando-lhe a dependência até 1589, quando se tornou autônoma com a elevação do metropolita de Moscou à dignidade de patriarca. Neste mesmo período a Rutênia havia passado do domínio russo ao polonês. Os sacerdotes ortodoxos, entrando em comunhão com Roma, puderam manter os autênticos ritos e as tradições da Igreja eslava. Neste clima ecumênico, que fazia pressagiar a composição do cisma do Oriente, nascia João Kuncewycz, o futuro apóstolo da unidade dos cristão do Oriente.

 

O batismo de João amadureceu a sua completa adesão à unidade com Roma, recebendo os outros bens, como a palavra de Deus escrita, a vida da graça, a fé, a esperança e a caridade. A Igreja russa tinha de fato conservado intacto o essencial da fé e da estrutura eclesial, como os sacramentos, a liturgia, a antiga tradição apostólica e patrística, o culto dos santos, a devoção mariana, o profundo ascetismo. Foi precisamente a espiritualidade monástica oriental, cuja influência deu início a grande florescimento de vida monástica na Europa, que trouxe João à completa união com Roma. Foi o primeiro noviço do primeiro mosteiro basiliano unido, o da Santíssima trindade de Vilna. Tinha vinte anos. Mudou o nome, recebendo o de Josafá, o nome bíblico do vale de Cédron, onde, segundo o profeta Joel, se reunirão as almas para o juízo final.

 

Foi eleito Bispo, sucedendo ao arcebispo Pólozk. Empreendeu enorme atividade de apostolado para a reforma da vida monástica e para a unidade dos cristãos, a ponto de merecer o apelido de “ raptor de lamas “.

 

São Josafá foi barbaramente assassinado por um grupo de facínoras no dia 12 de novembro de 1623 em Vitebst, na Rússia Branca, tendo sido amarrado seu corpo a um cão morto e jogaram-nos no fundo das águas de um rio, porque o seu zelo e a sua benemérita ação pela união com a Igreja de Roma havia-lhe atraído o ódio dos ortodoxos separados. Foi canonizado pelo Papa Pio IX em 1867.

 

Espiritualidade de São Josafá

 

De nobre família ortodoxa católica, nascia João Kuncewycz, o futuro apóstolo da unidade dos cristãos do oriente, que veio a receber outro nome no sacerdócio. Josafá foi uma das vítimas mais conhecidas num estado de tensão permanente: os cossacos da região de Dnieper, local entre a Polônia e a Rússia, fervorosos na fé ortodoxa constituíam uma ameaça permanente à Igreja Católica. Em 1596 o Sínodo de Brest realizou a união dos rutenos (russos) com a Igreja de Roma, como um passo importante que poderia despertar a esperança da união de outras igrejas ortodoxas, inclusive da russa. Mas ainda não havia chegado essa hora. E Josafá, monge basiliano dedicou sua vida em busca dessa união. Infelizmente foi trucidado pelos inimigos do Papa, em Vitebsk, quando lá estava em visita pastoral. Em 1643 foi declarado bem-aventurado e em 1867 foi canonizado. [http://www.miragemartigosreligiosos.com.br/]

 

 

 

A disciplina diária, a fidelidade do rotineiro, é um dos testes mais

confiáveis da santidade de sua vida. (Frei Clemente Kesselmeier)