Sábado, 2 de janeiro de 2010

São Basílio e São Gregório (bispos e doutores), ofício de memória, 2ª Semana do Saltério - cor branca

 

Santos: Abel (patriarca bíblico, o segundo filho de Adão, cuja história se encontra em Gn 4; foi citado por Jesus em Mt 23,35 como sendo o primeiro mártir), Abelardo de Corbie (abade), Argeu, Narciso e Marcelino (mártires de Tomes, no Ponto), Aspásio de Melun (presbítero), Bladulfo de Bobbio (monge), Claro (abade de São Marcelo), Gaspar de Búfalo (fundador dos Missionários do Precioso Sangue), Isidoro de Antioquia (bispo, mártir), Isidoro de Nitria (bispo), Macário de Alexandria (abade), Martiniano de Milão (bispo), Vicenciano de Limousin (eremita), Airaldo de Maurienne (bispo, bem-aventurado), Bentivoglio de Bonis (franciscano, bem-aventurado), Geraldo Cagnoli (franciscano, bem-aventurado), Estefânia de Quinzanis (virgem, bem-aventurada).

 

Antífona: O justo medita a sabedoria e sua palavra ensina a justiça, pois traz no coração a lei de seu Deus.

 

Oração do dia: Ó Deus, que iluminastes a vossa Igreja com o exemplo e a doutrina de São Basílio e São Gregório Nazianzeno, fazei-nos buscar humildemente a vossa verdade e segui-la com amor em nossa vida. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

 

 

Leituras para os dias da Semana do Tempo do Natal, válidas sempre para o dia 2 de janeiro

 

 

Leitura: I Carta de São João (1Jo 2, 22-28)
Quem reconhece o Filho tem também o Pai celeste

 

Caríssimos, 22quem é mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? O anticristo é aquele que nega o Pai e o Filho. 23Todo aquele que nega o Filho, também não possui o Pai. Quem confessa o Filho, possui também o Pai. 24Permaneça dentro de vós aquilo que ouvistes desde o princípio. Se o que ouvistes desde o princípio permanecer em vós, permanecereis com o Filho e com o Pai. 25E esta é a promessa que ele nos fez: a vida eterna. 26Escrevo isto a respeito dos que procuram desencaminhar-vos.

 

27Quanto a vós mesmos, a unção que recebestes da parte de Jesus permanece convosco, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine. A sua unção vos ensina tudo, e ela é verdadeira e não mentirosa. Por isso, conforme a unção de Jesus vos ensinou, permanecei nele. 28Então, agora, filhinhos, permanecei nele. Assim poderemos ter plena confiança, quando ele se manifestar, e não seremos vergonhosamente afastados dele, quando da sua vinda. Palavra do Senhor!

 

 

Comentando a I Leitura

Permaneça dentro de vós aquilo

que ouvistes desde o princípio

 

S. João continua a alertar os discípulos contra os que negam a Cristo e se opõem a seu plano de Salvação: "Quem é o mentiroso senão aquele que nega ser Jesus o Cristo?" (versículo 22). Rejeitando a Jesus como Filho de Deus, eles rejeitam também o Pai: "Todo aquele que nega o Filho também não possui o Pai" (versículo 23). Jesus afirmara-o claramente: "Eu e o Pai somos um só" (Jo 10,30), pondo em evidência a intimidade e identidade de natureza e de vida entre Pai e Filho. Havia dito antes: "Quem não honra o Filho, também não honra o Pai que o enviou" (Jo 5,23), e "Ninguém vai ao Pai senão pelo Filho" (Jo 14,6). A essa intimidade, verdadeira comunhão de vida com Deus, são chamados todos os que crêem, na medida em que aceitam a verdade revelada. "Se permanecer em vós o que ouvistes desde o princípio, também permanecereis no Filho e no Pai" (versículo 24). Essa misteriosa, mas vital união com Deus é o início da realização da "vida eterna", tantas vezes prometida por Jesus: "Deus tanto amou o mundo que entregou seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" (Jo 3,16). [MISSAL COTIDIANO, ©Paulus, 1997]

 

 

Salmo: 97(98), 1.2-3ab.3cd.-4 (+3a)

Os confins do universo contemplaram

a salvação do nosso Deus

 

Cantai ao Senhor Deus um canto novo, porque ele fez prodígios! Sua mão e o seu braço forte e santo alcançaram-lhe a vitória.

 

O Senhor fez conhecer a salvação, e às nações, sua justiça; recordou o seu amor sempre fiel pela casa de Israel.

 

Os confins do universo contemplaram a salvação do nosso Deus. Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira, alegrai-vos e exultai!

 

 

Evangelho: João (Jo 1, 19-28)

O testemunho de João Batista

 

19Este foi o testemunho de João, quando os judeus enviaram de Jerusalém sacerdotes e levitas para perguntar: "Quem és tu?" 20João confessou e não negou. Confessou: "Eu não sou o messias". 21EIes perguntaram: "Quem és, então? És tu Elias?" João respondeu: "Não sou". Eles perguntaram: "És o profeta?" Ele respondeu: "Não". 22Perguntaram então: "Quem és, afinal? Temos que levar uma resposta para aqueles que nos enviaram. O que dizes de ti mesmo?" 23João declarou: "Eu sou a voz que grita no deserto: 'Aplainai o caminho do Senhor' - conforme disse o profeta Isaías". 24Ora, os que tinham sido enviados pertenciam aos fariseus 25e perguntaram: "Por que então andas batizando, se não és o messias, nem Elias, nem o profeta?" 26João respondeu: "Eu batizo com água; mas no meio de vós está aquele que vós não conheceis, 27e que vem depois de mim. Eu não mereço desamarrar a correia de suas sandálias". 28lsso aconteceu em Betânia além do Jordão, onde João estava batizando. Palavra da Salvação!

(Vide Mt 3, 1-12; Mc 1, 2-8; Lc 3, 15-17)

 

 

Comentário o Evangelho

Quem és tu?


O ministério de João Batista foi importante para se conhecer o sentido do ministério de Jesus. Faziam-se a respeito dele muitas perguntas. Sua vida austera deixava transparecer a condição de homem de Deus, totalmente confiado na Providência divina, sem ambições mundanas. Tampouco iludia-se com a fama que seu comportamento podia provocar. Suas palavras cortantes tinham o sabor da pregação dos antigos profetas, a ponto de ser confundido com Elias.


Entretanto, João rebatia com firmeza qualquer tentativa de fazê-lo passar por aquilo que sabia não ser: Messias, profeta ou algo que o valha.


Sua humilde função consistia em "dar testemunho" do Messias vindouro, na qualidade de voz que, no deserto, convoca os pecadores a se prepararem para acolher o enviado de Deus. Portanto, uma tarefa que terminaria tão logo despontasse, na história de Israel, o Messias esperado. O Batista relativizava sua pessoa e sua missão. Comparando-se ao Messias, tinha consciência de não ser digno nem mesmo de desatar-lhe a correia das sandálias, gesto reservado aos criados. Sua compreensão ia além: o Messias havia-o precedido e lhe tomaria a dianteira.


Desta forma, João Batista deu mostras de estar totalmente sintonizado com a vontade divina. Ele nada mais era do que um modesto servidor de Deus. [O EVANGELHO DO DIA. Jaldemir Vitório. ©Paulinas]

 

 

É hora de planejar 2010

 

Sim, é hora de planejar a sua vida pessoal, familiar e profissional para o Novo Ano. Compre agenda nova, troque seus calendários antigos, comece a renovar o seu ambiente e o seu interior também. E lembre-se: “Jamais haverá ano novo, se continuar a copiar os erros dos anos velhos” já dizia Luis de Camões.

 

Onde couber, utilize as seguintes ferramentas infalíveis:

 

1. Seis perguntinhas mágicas e muito conhecidas lhe ajudam a dar mais objetividade no seu planejamento:

 

§ O quê? - a atividade foco;

§ Quem? - o nome da pessoa ou entidade que fará uma determinada tarefa;

§ Quando? - a data ou período em que a atividade provavelmente será executada;

§ Onde? - o local onde o evento será realizado;

§ Por quê? - a justificativa da atividade, pela sua importância e necessidade;

§ Como? - como a atividade planejada será executada.

 

Os detalhistas até agregam a pergunta Quanto Custa? para lhe dar uma visão da sua viabilidade de execução em todo o contexto. Esta ferramentinha é conhecida internacionalmente como 5W+H para lembrar essas perguntinhas em língua inglesa.

 

2. A nossa Igreja nos ensina a utilizar ainda outra ferramenta importante para detalhar ainda mais nossas ações:

 

§ Ver: como você está vendo o problema e vislumbra as suas possíveis conseqüências;

§ Pensar: como você vê as soluções e a superação dos obstáculos (aqui entra o seu plano de ação);

§ Agir: como você executará cada ação, no tempo certo e no local, através da pessoa que tem o devido talento para aquela atividade.

 

3. É hora de atualizar sua nova agenda. Ela é a sua bússola para qualquer momento. Se você é do tipo hightech, há outras ferramentas acessórias:

 

§ O Outlook cai muito bem para o planejamento e o dia-a-dia das suas atividades. Ela serve principalmente para quem está sempre trabalhando em um computador. Mas cerque-se de ferramentas de segurança, caso esteja sempre plugado na net pois a sua lista de endereços pessoal pode cair no domínio público pela ação de vírus através de spams maliciosos;

§ A Agenda de alguns serviços gratuitos, do tipo YAHOO, GMAIL cai muito bem para quem está sempre em mobilidade e que a Internet esteja sempre ao seu alcance. Alguns serviços enviam mensagens para a sua caixa postal lembrando-lhe sobre determinado compromisso/atividade, sobretudo datas de pagamentos, reuniões, etc. Você pode permitir, ou não, o acesso de terceiros (familiares, parceiros, etc) à sua agenda.

§ Se você gosta de usar os recursos da Internet em seu favor, veja as “36 dicas para ganhar tempo em 2010” na revista INFO número 286, de dezembro de 2009. Há muita gente intoxicado com tanta informação sem saber o que faz com ela!

 

4. Seja talentoso/a nas suas atividades, mas exercite outras qualidades determinantes do sucesso de qualquer profissional: fé, humildade, perseverança, perspicácia e garra. Não precisa ser grande para fazer coisas grandes. Se você sentir-se sempre grande, como fica o Senhor nos seus projetos? É certo que nós planejamos nossas atividades, mas quem as executa é o Senhor! Já pensou nisso? O Senhor é a fonte principal do nosso sucesso; o fracasso fica por nossa conta, pelos nossos erros, rebeldia e omissão.

 

5. Para uma revisão de vida, que pode ser importante para o seu sucesso agora e sempre, leia e enquadre o seu dia-a-dia dentro do contexto da Epístola de São Paulo aos Romanos, capítulos de 12 a 15. (http://www.mundocatolico.com.br/FFBNEII/Fraternidade.doc, arquivo em Word, a partir da terceira página).

 

6. Planeje também a sua vida espiritual:

 

§ Faça um planejamento anual da leitura diária da Bíblia; no fim de 2010 você poderá ter lido toda a Sagrada Escritura. Faça uma leitura paralela do AT, SALMO e NT;

§ Se houver tempo se inscreva em um curso de Bíblia, preferencialmente do tipo presencial com alguém capacitado para ensinar as Sagradas Escrituras;

§ Faça uma leitura do CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA, sobretudo relativa aos temas que mais lhe desperta dúvidas; troque informações com pessoas mais experientes ou com o próprio vigário da sua Paróquia;

§ Aprenda práticas de orações para o seu uso pessoal e para proporcionar bem ao próximo.

§ Fique sempre antenado(a) com a liturgia da Igreja, sobretudo nos tempos fortes (QUARESMA, PÁSCOA, TRÍDUO PASCAL, ADVENTO, NATAL). Aproveite esses tempos para fazer uma faxina da alma: uma confissão cai muito bem!

 

7. Inclua nas suas atividades a participação em tarefas de ajuda ao próximo (quem pratica a paz e o bem ao outro atrai para si os mesmos benefícios no curto e longo prazo):

 

§ Serviços voluntários utilizando os seus conhecimentos e talentos, dentro da sua disponibilidade de tempo;

§ Participação em pastorais da sua Igreja;

§ Participação em entidades não governamentais, sobretudo aquelas sérias e voltadas para a assistência aos necessitados (dependentes químicos, inclusive alcoólatras, esmoleis, portadores de doenças graves, etc.).  Ajudar ao próximo faz muito bem e aumenta os créditos da sua caderneta de poupança do Reino!

 

8. Eis algumas dicas de força interior, segundo nos ensina a ferramenta de programação neurolingüística que, se alinhada à sua fé, com humildade, chegará certamente ao sucesso:

 

§ Não é importante para você ser o melhor que há, mas sim, ser o melhor que pode;

§ Meu objetivo não é ultrapassar os outros necessariamente, mas viver de acordo com o melhor do que sou. Você pode até passar por cima do seus concorrente, mas lembre-se que o “poder” é efêmero, isto é, dura enquanto você está em evidência; logo vão querer passar por cima de você também. Não troque sua paz interior por nada nessa vida;

§ Um cristão sozinho nada fará, senão através da sua comunidade, de seus irmãos, dos seus colegas de trabalho, do seu time, cf. Rm 12, 4-5;

§ Estabeleça seus objetivos e os alcance, mesmo na adversidade, nos obstáculos da vida, no desânimo. O sucesso para você é um estilo de vida. Tá tudo muito difícil? Reze, leia a Bíblia, especialmente os Salmos;

§ Considere que seus objetivos são dignos de você e você é digno deles. Aprenda a gostar dos desafios;

§ Alcance seus objetivos e satisfaça seus sonhos seguindo os passos específicos do plano que elaborou. Nunca deixe a realização nas mãos do acaso, mas nas mãos de Deus, o verdadeiro maestro das suas ações. As idéias não são, mas, mas Dele; você será apenas Seu instrumento de realização. A humildade é parte marcante do processo;

§ Se recuse a aceitar quaisquer limitações para sua realização pessoal que os outros talvez tentem colocar sobre você, até por inveja ou outro motivo estranho. Viva sua vida segundo seu próprio desejo, de acordo com a vontade de Deus, e não de acordo com as descrenças ou limitações dos outros. Seja focado nos seus objetivos;

§ “Tudo posso Naquele que me conforta que me apóia que me dá forças” já dizia Paulo;

§ Se não fizer a sua parte, a sua contrapartida, quem fará por você? Pode-se até pecar por excessos, no bom sentido, mas nunca por omissão;

§ As pessoas ao seu redor sabem que podem contar sempre com você para soluções e idéias firmes e práticas.

§ Acredite em Deus e em você. Se você não acredita na sua pessoa, quem irá acreditar nela? No barco da vida, em algum momento, só há você e Deus; você precisa tomar alguma atitude, fazer a sua parte, além das orações necessárias!

 

Caro irmão ou irmã em Cristo, em 2007 seja você também “o sal da terra e a luz do mundo” e então alcançará o seu sucesso individual, familiar, comunitário! Feliz 2010!

 

“A força de vontade unida à fé em Deus resolvem muito mais do que imaginamos.” (Pe. Juca)

 

Que o Senhor lhe dê a paz e todo o sucesso que merece em 2010!

 

Everaldo Souto Salvador, ofs

salvadorARROBAmundocatolico.com.br